Ensino superior no Brasil depende do Ministério da Educação

O governo federal mantém pelo menos uma universidade em cada estado da federação. A educação superior, portanto, inclui cursos universitários em diversas áreas profissionais, abertos a candidatos que concluíram o curso médio (equivalente ao ensino médio) e que passaram nos exames seletivos.

Atualmente, existem três tipos de ensino superior no Brasil: universidades (públicas ou privadas), escolas particulares e centros de educação tecnológica (CET). O ensino superior compreende atualmente 12.000 cursos.

Todas as universidades estão longe de ter o mesmo nível

Dentro de cada universidade, também há diferenças notáveis ​​entre os departamentos. Para retornar à universidade, você será solicitado para um diploma de bacharel. Este é o único diploma francês oficialmente reconhecido! Para equivalências de outros diplomas, será necessário ver caso a caso com os estabelecimentos contatados.

Alunos Universidade

Existem cerca de 176 universidades no Brasil e mais de 700 outras instituições de ensino superior. Essas universidades, assim como algumas universidades privadas, mantêm um alto grau de autonomia administrativa e seus estudos. Devido à alta demanda e à escassez de vagas no ensino superior (especialmente no público, 331 365 vagas contra 1 346 723 no setor privado), as faculdades e as universidades brasileiras, públicas e privadas, exigem um exame. entrada muito seletiva chamada “vestibular”.

Os estudos superiores são divididos em graduação e pós-graduação

O diploma de bacharelado, ou licenciatura (equivalente à licença) para aqueles que seguiram uma formação educacional, segue 4 a 5 anos de estudo, obtendo um conjunto de créditos. A formação de mestrado (equivalente ao mestrado) é uma introdução à investigação que dura uma média de dois anos e inclui uma parte teórica (cursos sujeitos a exames para obtenção de créditos) e uma parte de investigação que leva à defesa de um memória.

O título de mestrado permite iniciar a preparação de um doutoramento. Para acessar estudos, é obviamente essencial dominar a língua oficial, neste caso, o português. Note que 5 universidades são particularmente listadas no Brasil: Unicamp em Campinas, USP (Poly) em São Paulo, PUC no Rio de Janeiro, UFRS em Porto Alegre, UFCE em Fortaleza.

A USP e a Unicamp são as duas universidades mais conceituadas nas áreas de Engenharia Elétrica (Telecomunicações, Eletrônica, Hardware, Software) e Engenharia Mecânica da Unicamp e Engenharia Industrial e Mecânica da USP.

Estão entre as melhores universidades da América do Sul

As boas vindas a todos vocês no 2º Fórum Franco-Brasileiro de Educação Superior e Pesquisa. O primeiro foi realizado em novembro de 2009 em Brasília, no final do ano da França no Brasil, mas a tradição de cooperação científica entre a França e o Brasil é, como você sabe, muito mais antiga e minha colega Paulo Speller acaba de lembrar, evocando Claude Levi-Strauss.

Melhor universidade

A idéia de organizar um segundo fórum sobre ensino superior e pesquisa foi mencionada pelos nossos respectivos presidentes durante seus últimos encontros, primeiro na França e depois no Brasil, onde acompanhei o presidente François Hollande. em dezembro passado. Fico feliz que este projeto tenha sido realizado porque, através deste fórum, marcamos com uma pedra nova a longa tradição de cooperação científica entre a França e o Brasil.

A reunião de hoje foi ainda mais necessária à medida que os nossos respectivos sistemas de ensino superior e de investigação continuam a evoluir e a já densa cooperação entre os nossos dois países só se fortaleceu durante nos últimos anos.

O melhor exemplo e provavelmente o mais importante programa de bolsas “Ciência sem Fronteiras”, para o qual nossos dois países continuam a trabalhar, seja para a multiplicação de estágios no nível de mestrado ou para o desenvolvimento dos programas de doutorado e pós-doutorado. Os intercâmbios universitários entre estudantes franceses e brasileiros ainda são poucos e espero que após divulgarem o local de prova do enem os aumente significativamente.

De forma mais ampla, para que a nossa cooperação continue a aprofundar-se com a mesma constância e a mesma confiança, devemos ser capazes de nos manter informados sobre os diagnósticos, novas orientações, reformas e estratégias que a França e o Brasil operam por conta própria. . Esta é uma das questões deste fórum.

Esta entrada foi publicada em Educação. Adicione o link permanente aos seus favoritos.