Conheça como funciona a Educação superior no Brasil!

O ensino superior no Brasil depende do Ministério da Educação (MEC) e do Conselho de Educação Superior (SESU). Você encontrará cursos universitários em diferentes áreas, abertos a candidatos que fizeram o curso médio (equivalente à nossa escola secundária francesa). Se você quer fazer um intercâmbio acadêmico, estamos aqui para orientá-lo no ensino superior no Brasil.

Existem 3 tipos de ensino superior no Brasil:

  • Universidades públicas ou privadas;
  • Escolas particulares;
  • Centros de Educação Tecnológica.

O ensino superior compreende 12.000 cursos e quase 6 milhões de estudantes. Você não corre o risco de se sentir sozinho e não conseguir realizar as enem inscrições.

A organização de diplomas no Brasil

Você encontra vários graus quando quer se matricular em uma universidade brasileira. O primeiro diploma universitário corresponde a “Pós-Graduação”. Isso lhe dará acesso ao mundo do ensino superior através de cursos mais ou menos curtos.

Organização de diplomas

Você vai encontrá-lo mais tarde:

  • Bacharel: 4 anos;
  • Bacharel: 3 anos;
  • Treinamento tecnológico: 2 a 3 anos, treinamento mais específico a ser realizado em institutos profissionais.

Diplomas como bacharelado ou bacharelado estão relacionados a todas as principais áreas da educação, como as artes, humanidades, economia… Especificamente, o grau de bacharel é o terceiro ano de seus estudos de graduação.

Isso lhe dará acesso ao Mestre e ao segundo ciclo da universidade. O bacharelado é um diploma que é preparado um ano após a formatura, que serve como um portal para o mundo profissional. Outros tipos de educação no Brasil: Além do sistema universitário, como na França, existem outros institutos para estudar no Brasil.

Institutos Profissionais

Há também escolas ou institutos que irão treiná-lo para uma carreira. Esses institutos são especializados no campo das tecnologias, com uma ampla gama de opções. Você também tem a possibilidade de seguir uma formação profissional paralela aos seus cursos. Essas instituições não gozam de uma reputação muito boa e raramente são cortejadas por estudantes franceses.

Escolas particulares

Você deve passar em um exame de admissão para se juntar a uma das escolas privadas brasileiras. Estas são essencialmente escolas de negócios ou de gestão. Note que a taxa de inscrição é relativamente alta de 5000 R$ por mês. Agora você tem todas as chaves para escolher cuidadosamente seu curso universitário no Brasil. Boa sorte!

A presença de organizações internacionais é um elemento fundamental das políticas educacionais brasileiras, como em outros países. Eles intervêm no nível organizacional e pedagógico. Segundo Frigotto e Ciavata (2003), o Ministério da Educação adotou o pensamento pedagógico das empresas e as diretrizes dos órgãos e agências internacionais e regionais.

Ministério Educação

É uma perspectiva pedagógica individualista, dualista e fragmentada, consistente com os ideais de desregulamentação, flexibilização e privatização e com o enfraquecimento dos direitos sociais.

Ministério Educação

No Brasil, os gastos públicos em educação estão em um nível muito baixo, em 4% do produto interno bruto (PIB). As exigências constitucionais para a alocação de recursos de impostos, de pelo menos 18% para a União e 25% para os estados e municípios, são raramente respeitadas.

As disparidades regionais, que afetam a capacidade financeira e administrativa dos governos subnacionais, são dignas de nota. No caso dos municípios, a situação é mais grave porque sua capacidade financeira é muito diversificada e porque são numerosos para viver graças às transferências dos governos estadual e federal.

Há, portanto, um duplo desequilíbrio: na distribuição das escolas nos diferentes níveis de ensino do país e no desenvolvimento dos diferentes setores da educação. O Brasil ainda não possui um sistema educacional que possa lidar seriamente com as condições adversas das diferenças regionais.

39Vários setores da sociedade brasileira, reunidos em torno do Fórum Nacional de Defesa da Escola Pública, persistem em exigir o fortalecimento da escola pública estadual e a democratização da gestão educacional, num esforço de universalizar a educação. (básico e médio) e, progressivamente, ensino superior.

Conheça como funciona a Educação superior no Brasil!
Avalie este artigo!
Esta entrada foi publicada em Educação. Adicione o link permanente aos seus favoritos.