Advogado ajuda a esclarecer questões de custódia de crianças

Um dos principais problemas que precisam ser resolvidos em um processo de divórcio é a questão do apoio à criança e custódia. Esta questão é muito importante, uma vez que os interesses da criança devem ser atendidos. O processo de divórcio já é um assunto angustiante por parte da criança, portanto, as conseqüências do divórcio – custódia e apoio – devem ser tratadas adequadamente. O bem-estar emocional e físico da criança deve ser cuidado adequadamente após o término do casamento dos pais.

Além da custódia, a questão do apoio à criança será decidida pelo tribunal para garantir o crescimento emocional e físico contínuo da criança sem perturbação. A criança já está estressada, pois é pelo processo, isso deve ser diminuído, garantindo o bem-estar da criança depois que os pais se separaram.

Segundo a lei, ambos os pais geralmente têm a responsabilidade de dar apoio à criança, sejam eles divorciados ou não e se a custódia foi dada a um dos pais ou compartilhada por ambos. Os pais devem continuar apoiando o bem-estar da criança, mesmo que já tenham se divorciado. Os paisandrsquo; o apoio na criança continuará até que a criança atinja a idade legal, 18 anos, ou até que a criança menor tenha se formado no ensino médio.

Em Minnesota, existem três elementos básicos de apoio à criança. Estes são pagamentos de apoio mensais, seguro médico e uma divisão de custos não segurados entre os pais e despesas para os cuidados da criança e. Os pagamentos para esses componentes de apoio devem ser dados à criança para assegurar seu desenvolvimento emocional e físico continuado. O suporte será calculado com base nos paisandrsquo; renda ou capacidade de ganho. Os pagamentos pelo apoio à criança serão divididos proporcionalmente em ambos os pais.

Não pagar o suporte a tempo terá consequências. Sob a lei de Minnesota, os pagamentos não pagos se tornarão uma multa em atraso e os pais terão que comparecer perante o tribunal para explicar o atraso no pagamento. O pai que não pagou o apoio mensal e outros pagamentos pode ser sancionado pelo tribunal. As sanções incluiriam a negação ou revogação do profissional, motorista ou outras licenças do pai / mãe. Pode também incluir a detenção das contas bancárias do pai / mãe.

Os termos do suporte à criança também podem ser alterados ou modificados por alguns motivos válidos. O tribunal pode conceder uma modificação do apoio se, por exemplo, houver uma mudança significativa na renda dos pais. Se um dos pais perder um emprego e provavelmente não conseguir encontrar outro no mais curto espaço de tempo ou se ele / ela encontrar outro emprego, o salário é substancialmente menor, o tribunal pode alterar os termos dos acordos de suporte anteriores. No entanto, a mudança no suporte não afetará o tempo de parentalidade, o que significa que o tempo a ser dedicado pelo pai à criança permanecerá.

As considerações acima significam apenas que o apoio à criança deve receber séria atenção dos pais, mesmo que a criança esteja sob a custódia de apenas um dos pais. O tribunal e as leis são projetados para proteger os interesses da criança após o divórcio ou qualquer tipo de término do casamento.

Casos de divórcio e o advogado de divórcio de Minneapolis

Os processos de divórcio, contestados ou não contestados, em Minneapolis ainda precisam ser apresentados ao tribunal para que seja concedida a rescisão judicial do casamento. Daí a necessidade de um advogado de divórcio certificado a OAB 2019 de Minneapolis é importante ter uma boa representação no tribunal. O advogado não deve apenas ser conhecedor da lei, mas também deve ser um litigante competente.

Uma vez que haveria muitos aspectos do processo de divórcio que precisam ser abordados um advogado de divórcio Minneapolis seria necessário para calarify estas questões e orientar as partes durante todo o processo. Disputas podem surgir, tais como a custódia da criança, apoio à criança, manutenção do cônjuge, divisão de propriedade, e outras questões podem surgir antes, durante e mesmo após o processo. O mais angustiante poderia ser a divisão de propriedades e a guarda dos filhos. Questões de paternidade ou de pré-nupciais podem ser levantadas pelo partido masculino, e se isso acontecer, isso realmente complicaria a situação. Uma questão mais complicada seria a divisão de propriedade entre as partes.

OAB 2019

Na maioria dos casos de divórcio, a área frequentemente problemática durante o processo é a divisão de propriedades. Dividir as propriedades pode não funcionar sem problemas, pois as partes podem ter fortes disputas em relação a esse problema, especialmente se as propriedades a serem divididas forem dimensionáveis. Em alguns casos, o processo poderia durar mais tempo devido a divergências sobre a divisão das propriedades do casamento. Neste caso, a habilidade e conhecimento sobre a lei do advogado de divórcio Minneapolis irá desempenhar um papel vital.

Em um processo de divórcio contestado, os procedimentos podem se tornar complexos e demorar mais do que o normal. A maioria dos tribunais de divórcio favorece a resolução das divergências entre as partes antes que uma decisão judicial seja proferida. O tribunal pode ordenar que as partes entrem em uma mediação para resolver os assuntos em disputa. Se a questão não for resolvida na mediação, o tribunal terá que decidir sobre ela com base nas evidências apresentadas na audiência. Ao longo de todo esse procedimento, o advogado precisa ser especialmente bem informado em todas as áreas do direito e ser um litigante talentoso também.

Muitos casos de divórcio contestados também envolvem a questão da guarda dos filhos. Na maioria das vezes é uma disputa importante entre as partes. Cada uma das partes quer obter a custódia da criança após o término do casamento. A questão da custódia da criança pode se tornar ainda mais complicada se o pai questionar sua paternidade sobre a criança, o que significa que ele questiona a legitimidade da criança como seu filho / filha. Assim, um advogado de custódia de Minneapolis também pode ser necessário para lidar com este caso, ou o advogado de divórcio de Minneapolis pode atuar como advogado de custódia também.

No entanto, se for um caso de divórcio não contestado, o processo pode ser feito rapidamente e menos dispendioso. Na maioria das vezes, isso é resultado do acordo prévio das partes, a fim de eliminar os processos onerosos de um divórcio contestado. O procedimento não irá mais passar por mediação, portanto, as despesas serão bastante reduzidas. Neste caso, um advogado de divórcio de Minneapolis ainda é necessário para preparar os documentos necessários para serem arquivados no tribunal.

Advogado ajuda a esclarecer questões de custódia de crianças
Avalie este artigo!
Esta entrada foi publicada em família. Adicione o link permanente aos seus favoritos.